Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/12/21 às 18h27 - Atualizado em 18/01/22 às 12h01

Pró-DF terá incentivo do Caravanas do Empreendedor

COMPARTILHAR

Nesta sexta-feira (17), o novo secretário de Desenvolvimento Econômico, Jesuíno de J. Pereira Lemes, se reuniu com o presidente da Associação Comercial do Distrito Federal, Fernando Brites, para tratar de demandas urgentes no setor. “As associações comerciais e as entidades de classe são parceiros fundamentais para construirmos laços importantes em busca do desenvolvimento e crescimento econômico do Distrito Federal. Esse encontro foi fundamental para estreitar os laços e colocar nossos trabalhos à disposição da classe”, destacou J. Pereira.

 

O encontro serviu também para ouvir as sugestões do representante da categoria para a reforma do Setor Comercial Sul. “A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por orientação do governador Ibaneis Rocha, tem interesse em desenvolver projetos em parceria com a iniciativa privada para o desenvolvimento do local. O Setor Comercial poderá, em breve, se tornar um dos principais polos de negócios do DF. Por isso, a secretaria precisa ouvir os segmentos interessados em buscar melhorias para a área”, reforça.

 

Advogado, Jesuíno de J. Pereira Lemes assumiu a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico na última quarta-feira (15). Com mais de 20 anos de carreira pública e servidor efetivo da Secretaria de Educação, o secretário destaca a importância e necessidade de aprimorar e melhorar o atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico ao setor produtivo do DF.

 

“Temos a missão de dar continuidade aos relevantes projetos, programas e ações da pasta, com o intuito de somar e fomentar o desenvolvimento do Distrito Federal, principalmente neste momento de pandemia. Vamos buscar o fortalecimento e uma interação ainda maior com o setor econômico e produtivo com o propósito de gerar novas oportunidades, mais empregos e mais entregas para o DF”, avalia.

 

Para 2022, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico pretende ampliar as Caravanas do Empreendedor, que tem como como objetivo a análise técnica de processos em andamento de antigos programas de incentivo como o Pró-DF; orientação para a abertura de empresas, registros e licenciamentos; auxílio para autônomos informais se transformarem em microempreendedor individual (MEI); atendimento com contadores especializados em gestão empresarial e planejamento tributário; e orientação com representantes de bancos sobre acessos a linhas de crédito.

 

No primeiro semestre do ano que vem, cinco regiões administrativas já estão confirmadas: Recanto das Emas, Sobradinho, Gama, Santa Maria e Planaltina. “Dentro das caravanas vamos realizar mutirões de regularização dos processos do Pró-DF e dar ainda mais celeridade para que os empresários possam crescer no DF”, complementa Jesuíno Lemes.

 

Além da caravana, a secretaria intensificará cursos e palestras de capacitação para novos empreendedores e mulheres. Outros projetos em pauta são as ampliações dos programas Cartão Material Escolar, que atende hoje mais de 100 mil alunos e 460 papelarias, além do Programa Cartão Creche, que beneficia quase 4.500 crianças. Esses dois programas juntos geram cerca de 5 mil empregos diretos. Um outro desejo da nova gestão é tirar do papel, ainda em 2022, o projeto que cria o Cartão Contra Turno, que vai beneficiar alunos do ensino fundamental e médio. A ideia é custear atividades para os jovens, e assim, aportar recursos diretamente na economia de pequenas empresas como escolas de idiomas, academias, escolas de música e artes, e do segmento esportivo e de lutas.