Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/19 às 14h42 - Atualizado em 15/04/19 às 9h21

SDE concentrará esforço para gerar emprego e renda

COMPARTILHAR

Reforma administrativa foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, dia 20

 

 

Foto: Tiago Martins

Com a reformulação administrativa adotada pelo novo governo do Distrito Federal, a nova Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) passou a concentrar esforços na adoção de programas e projetos para gerar renda e possibilitar a abertura de novos postos de trabalho. Entre as prioridades da SDE está a desburocratização do processo de abertura de novos empreendimentos.

 

A reforma administrativa em vigor desde o dia primeiro de janeiro desmembrou a SDE da secretaria de Ciência e Tecnologia, que passou a atuar com estrutura própria. A separação das duas pastas foi uma aposta do governo na geração de emprego e renda, atração de novos investidores e fortalecimento da economia do DF.

 

Com o decreto nº 39.718, publicado no dia 19 de março, a estrutura da nova SDE conta agora com a Subsecretaria de Administração Geral (SUAG), a Subsecretaria de Apoio às Áreas de Desenvolvimento Econômico (SAAD), Subsecretaria de Relação com o Setor Produtivo (SURESP) e Subsecretaria de Programas e Incentivos Econômicos (SUPEC) sob a gestão do secretário Ruy Coutinho.

 

A SDE está localizada na quadra 3 do Setor Comercial Norte, ao lado do shopping Liberty Mall. A secretaria da Ciência e Tecnologia passou a funcionar no anexo do Palácio do Buriti sob o comando do secretário Gilvan Máximo. A reforma administrativa também criou a Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana, que será responsável pelos programas voltados ao entorno em parceria com a SDE.