Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/05/19 às 15h37 - Atualizado em 4/06/19 às 17h11

Mais de 3 mil microempresários devem ser atendidos na XI Semana do MEI

COMPARTILHAR

Evento nacional pretende capacitar microempreendores individuais para melhoria dos negócios

 

Foto: Willian Nascimento

Capacitação, orientação, soluções e educação financeira para microempreendedores individuais. Estes são alguns dos objetivos da XI Semana do Microempreendedor Individual (MEI) que acontece em todo país desta segunda-feira, 20, a sexta-feira, dia 24. de maio. No Distrito Federal o evento é uma iniciativa do Sebrae em parceira com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). A expectativa é que somente mais de 3 mil empresários sejam atendidos no DF.

 

Esta é a 11 edição do evento. O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico, Espedito Henrique Junior, considera que não basta a criação da figura jurídica do microempreendedor individual e a sua formalização. “É preciso instrumentaliza-lo, treiná-lo, orientá-lo. É por isso que a SDE anda de braço dado com o Sebrae”, explica o secretário.

 

Para o diretor-técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, a figura do MEI foi criada para que as pessoas possam ganhar a vida com dignidade.  “As pessoas rejeitam a burocracia e querem produzir, ganhar o seu dinheiro, acessar aquilo que merecem e desejam”, diz ele.

 

Além dos serviços de formalização, regularização, legalização e baixa de empresas, estão sendo oferecidas palestras e oficinas sobre como gerenciar o capital de giro, administração de dívidas, como conquistar clientes, redução de custos na crise e controles financeiros.

 

Uma estrutura montada ao lado do restaurante comunitário da Ceilândia ficará à disposição de empresários que queiram tirar dúvidas sobre as obrigações do MEI, declaração anual e contribuição mensal, além de consultorias e aconselhamento nas áreas de gestão empresarial.

 

Salas do Empreendedor

 

Durante a semana do MEI, o microempreendedor individual poderá participar de uma vasta programação em uma das 20 Salas do Empreendedor espalhadas em diversas administrações regionais do DF. Confira a programação completa.

 

Esse é o terceiro ano que a empresária Verônica Brilhante participa da semana. Foi graças a esse evento que ela conseguiu se formalizar. “Sou artesã e agora tenho condições de emitir nota fiscal para meu cliente e ter uma coisa mais segura”, comemora a empreendedora que é dona loja Via Aromática, no Núcleo Rural Boa Esperança.

 

O cabelereiro José Nilton apareceu no evento para tirar dúvidas gerenciais. “Além de esclarecer nossas dúvidas, essa iniciativa permite que muitos como eu saiam da informalidade”, comemora o empresário dono de um salão na Ceilândia Sul.