Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/04/19 às 16h54 - Atualizado em 13/05/19 às 16h01

Governo entrega cartões Material Escolar em Santa Maria

COMPARTILHAR

Beneficiários poderão usar o crédito a partir desta quinta-feira (2) nas papelarias cadastradas pela SDE

 

Fotos: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, entregou nesta terça-feira (30) os primeiros cartões do programa Material Escolar aos pais de estudantes do Centro de Ensino Fundamental 213 da Santa Maria. O crédito estará disponível para as compras a partir desta quinta-feira (2) e vai beneficiar mais de 64 mil estudantes de baixa renda no DF.

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico espera credenciar cerca de mil papelarias até o dia 6 de maio. Somente no primeiro dia de credenciamento, o Simplifica PJ em Taguatinga cadastrou mais de 200 donos de papelarias. Para vender o material aos pais de alunos as papelarias devem receber a máquina de cartão fornecida BRB para pagamento.

 

“O cartão material escolar é, ao mesmo tempo, um instrumento de ação social e uma medida importante para aquecer a economia local, principalmente as empresas de pequeno porte que vão manter e até contratar mais funcionários”, destaca o titular da SDE, Ruy Coutinho. O programa é uma parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Econômico e Educação, com a participação do Banco de Brasília e deve injetar cerca R$ 21,8 milhões na economia local.

 

O cartão Material Escolar vai contribuir com o orçamento das famílias de baixa renda. A dona de casa Eliene Barbosa tem um filho matriculado no CEF 213 e comemorou o benefício. “A gente sempre tem que comprar né? É lápis, caderno, mochila e às vezes a gente tira de alguma coisa dentro de casa para comprar o material. Então, o cartão vai ajudar muito”, disse.

 

De acordo com o governador Ibaneis Rocha, o cartão Material Escolar promove uma verdadeira democratização das escolas do DF, igualando todos ao direito universal da educação. “Só se vence na vida com independência intelectual e sem amarras ideológicas”, afirmou o chefe do executivo local.

 

A professora temporária Vanessa Pereira cria dois filhos sozinha e comemora o benefício. “Há muitas mães carentes ou que cuidam da casa sozinhas, como eu, e que precisam desse benefício. Isso fará a diferença”, acrescenta a servidora.

Os pais ou responsáveis por mais de um aluno na rede pública de ensino vão receber um só cartão, que terá o valor total destinado a todos os filhos.