Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/07/19 às 15h42 - Atualizado em 7/08/19 às 17h05

GDF apresenta projetos de infraestrutura no Fórum para grandes investidores

COMPARTILHAR

Evento latino-americano vai analisar potencial de investimento de US$ 200 bilhões

 

Ibaneis Rocha, Paco Britto, Ruy Coutinho do GDF e o Secretário de Comércio – EUA, Wilbur Ross, participantes do Fórum

O 17º Fórum Anual Latinoamericano de Liderança em Infraestrutura que acontece amanhã e quinta-feira (dia 1) no Centro de Convenções do Brasil 21, vai analisar projetos que totalizam cerca de US$ 200 bilhões. Este potencial foi mapeado pela CG/LA, empresa norte-americana com sede em Washington DC, organizadora do evento em parceria com as secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE) e de Relações Internacionais. O fórum contará com a participação de várias secretarias do GDF, além do governador Ibaneis Rocha.

 

O levantamento dos projetos consta do documento “Strategic 100 Latin American Infrastructure List 2019” (https://www.cg-la.com/forums/lalf17/strategic-100-projects-list), feito especialmente para o evento. Os empreendimentos relacionados no documento da CG/LA são considerados estratégicos para o país, estado ou cidade onde eles estão localizados, além dos benefícios para o cidadão, como mobilidade, sustentabilidade, impacto social e criação de empregos.

 

O governo do DF já identificou oportunidades de investimentos em várias áreas. Entre elas a ampliação do Aeroporto JK para ser utilizado como principal “hub” de carga do país, venda de estatais como a Companhia Energética de Brasília e o Metro. O titular da SDE, Ruy Coutinho, vai fazer uma explanação sobre o projeto de implantação do gasoduto Brasil Central, que prevê a interligação do DF com o gasoduto Brasil-Bolívia.

 

Além da estrutura pública local, o fórum contará com a participação do secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, e do seu assistente, Thomas F. Gilman, da agência de exportação do governo Federal (Apex Brasil), São Paulo Negócios, governo de Minas Gerais, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Associação Nacional das Empresas Administradoras de Aeroportos (ANEAA), Fundação Getúlio Vargas, Harvard University, TMF Group, Overseas Private Investment Corporation (OPIC) e Starr Insurance Holdings, entre outras entidades.