Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/11/19 às 18h43 - Atualizado em 8/01/20 às 18h00

Fórum de Microempresas propõe Planos de Metas para GDF

COMPARTILHAR

Sugestões serão levadas ao governo para serem implementadas ao longo dos próximos anos

 

As ações definidas pelo Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do DF devem compor um Plano de Metas a ser elaborado pela área econômica do governo local para os próximos anos. Entre as iniciativas estão: desoneração das exportações de microempresários, ligação ferroviária Brasília-Goiânia, implantação do anel viário do DF, ampliação da área de cargas do aeroporto de Brasília, reformular a legislação tributária, priorizar os pequenos fornecedores nas compras governamentais, incentivo à inovação das empresas, diversificar a estrutura produtiva e oferta de crédito para renovar o parque tecnológico.

 

As propostas foram elaboradas pelos seis comitês temáticos e transformadas em decisões finais do Fórum das Microempresas encerrado nesta terça-feira (26). O objetivo é melhorar o ambiente de negócios do DF.  Entre as ações sugeridas para o Plano de Metas estão a criação de uma legislação aduaneira especial para ampliar a capacidade competitiva de pequenos exportadores, combate ao comércio ilegal e concorrência desleal, ampliação da aquisição direta pelo GDF de produtos rurais e de confecções para escolas, hospitais e quartéis.

 

A revisão do Plano de desenvolvimento Industrial local e a criação de polos de atração de investimento na Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno (RIDE) também fazem parte do conjunto de sugestões feitas pelo Fórum das Microempresa. Além das propostas macroeconômicas, o Fórum também sugere que o GDF adote nas escolas a disciplina Educação Empreendedora, além de um mutirão para renegociar as dívidas dos microempresários junto ao fisco local e a recuperação cadastral de quem perdeu o crédito na rede bancária.

 

O Fórum dos Microempresários indicou coordenadores de cada comitê temático que se reunirá a cada trimestre para acompanhar o andamento, tanto no Executivo quanto na Câmara Legislativa, das ações propostas.