Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/07/19 às 15h41 - Atualizado em 3/09/19 às 9h15

Papelarias têm até segunda para prestar conta do Cartão Material Escolar

COMPARTILHAR

Quem não entregar pode ficar fora das próximas edições do programa. Envio pode ser feito pessoalmente ou pelo e-mail da SDE.

 

Termina nesta segunda (02/09) o prazo para que os donos de papelarias credenciados no Cartão Material Escolar prestem contas ao governo. Das 333 empresas participantes no programa, apenas 160 apresentaram à Secretaria de Desenvolvimento Econômico o relatório das notas fiscais emitidas durante o período de vendas dos itens escolares. Quem não entregar os comprovantes poderá ser excluído por até 3 anos do programa.

 

O setor de papelaria faturou R$18 milhões com o programa durante os meses de maio e julho desse ano. O objetivo da medida é garantir a lisura e o atendimento às regras do programa. A lista com os códigos das notas fiscais emitidas pela Secretaria de Fazenda do Distrito Federal poderá ser entregue pessoalmente no Simplifica PJ, em Taguatinga, até amanhã, dia 30. E até sábado (31) pelo e-mail credenciamento.papelarias@desenvolvimento.df.gov.br

 

“Esperamos fazer um mapeamento consistente para auditar as transações. Uma avaliação por amostragem vai detectar se houve irregularidades”, explica o coordenador de Articulação com o Setor Produtivo da SDE, Allex Moraes. Se algum comerciante tiver vendido itens que não estavam na lista de materiais prevista no edital, poderá também responder na esfera penal e administrativa