Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/07/19 às 15h00 - Atualizado em 30/07/19 às 15h08

Acordo do GDF com Sesc/Senac cria cursos para população de baixa renda

COMPARTILHAR

Objetivo da SDE é capacitar profissionais de vários setores para atuar no setor produtivo

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ruy Coutinho, e o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio), Francisco Maia, assinam nesta quinta-feira (4), um acordo de cooperação para o treinamento de mão de obra em vários segmentos da economia. A formalização ocorrerá durante o Fórum Permanente das Microempresas de Pequeno Porte do DF que será realizado a partir das 15h no edifício da Fecomércio. O primeiro curso será para formar 90 técnicos em contabilidade.

 

Após as três primeiras turmas de técnico em contabilidade, o acordo de cooperação prevê a abertura de novas vagas para interessados em melhorar a capacitação técnica em áreas que serão identificadas posteriormente pelas secretarias do Trabalho e da Juventude. Para participar da seleção, os interessados deverão se enquadrar nos requisitos do programa Senac de gratuidade.

 

O objetivo é contribuir com o processo de profissionalização e alinhar a formação profissional no DF às necessidades do mercado de trabalho. Este alinhamento foi identificado pela unidade do Simplifica PJ da SDE.

 

Presidido pelo secretário Ruy Coutinho, o Fórum acontecerá na sede Fecomércio e elegerá, na abertura, membros titulares e suplentes que vão compor o colegiado, também formado por representantes do setor privado.

 

“Este acordo é mais um instrumento na política do governo para melhorar as condições de empregabilidade e, em consequência, ajudar na produtividade em geral das empresas, além de gerar mais emprego e renda”, diz o secretário Ruy Coutinho.

 

Câmaras Temáticas

 

Durante o evento serão instaladas as câmaras temáticas para a) compras governamentais, b) acesso a novos mercados, c) banco de fornecedores; d) capacitação e formação de rede de disseminação, e) inovação e tecnologia, f) comércio exterior, G) investimento e financiamento, h) desoneração e desburocratização.

 

De acordo com o subsecretário de Relação com o Setor Produtivo, Márcio Faria Júnior, as câmaras servirão para debater, construir e fomentar a atividade empresarial respeitando a lei 123/2006 que prevê tratamento diferenciado às microempresas.

 

O Fórum vai contar com a participação de representantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico do DF, do Ministério da Economia, do Conselho de Políticas Públicas e Gestão Governamental do GDF, da secretaria especial da micro e pequena do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, além de integrantes do Sebrae, Fibra e BRB.

 

Serviço

 

Evento: Fórum Permanente das Microempresas e empresas de pequeno porte DF

Local: Federação do Comércio – Setor Comercial Sul, QD 6, 6º andar.

Data: 04/07 às 15h